A SUPERAÇÃO DA CULTURA DO NARCISISMO NA DOCÊNCIA JURÍDICA POR MEIO DA PEDAGOGIA DO ENCONTRO

Wilson Levy braga da Silva Neto, Heloísa Corrêa Meneses

Resumo


THE OVERCOMING OF THE CULTURE OF NARCISSISM IN LEGAL TEACHING THROUGH THE PEDAGOGY OF ENCOUNTER

RESUMO: O presente artigo possui o escopo de abordar a cultura do narcisismo dentro da órbita educacional do ensino superior, para posteriormente adentrar as celeumas oriundas da docência jurídica. Assim, a problemática do trabalho atua na análise do narcisismo cultuado na esfera do ensino jurídico, em especial do poder oriundo do discurso do professor docente e sua influência direta para os próprios professores enaltecendo e disseminando esta cultura, bem como, sobre seus respectivos alunos, futuros bacharéis em direito inspirados diretamente por estes professores em suas posteriores atuações profissionais. Dessa forma, busca-se analisar os meandros dos dilemas jurídicos na sala de aula e a necessidade de entender o sistema educacional e algumas formas de alteração da didática de ensino por meio da pedagogia do encontro, ou seja, uma didática em que o diálogo e a humanização fazem parte de um novo olhar para o universo dos bacharéis em direito.

PALAVRAS-CHAVE: Cultura do narcisismo; Semiologia do Poder; Discurso Jurídico; Pedagogia do Encontro; Docência Jurídica.

ABSTRACT: This article aims to address the culture of narcisism within the educational orbit of higher education, to later enter the frenzy of legal teaching. Thus, the problem of work acts in the analysis of narcisism worshiped in the sphere of legal education, especially the power derived from the teacher's discourse and its direct influence on the teachers themselves extolling and disseminating this culture, as well as on their respective students. future law graduates directly inspired by these professors in their later professional practice. Thus, we seek to analyze the intricacies of legal dilemmas in the classroom and the need to understand the educational system and some ways to change the teaching didactics through the pedagogy of the meeting, that is, a didactic in which dialogue and Humanization is part of a new look at the bachelor of law universe.

KEYWORDS: Narcissism culture; Semiology of Power; Legal Speech; Pedagogy of the Encounter; Legal teaching.

Data da submissão: 09/05/2020                  Data da aprovação: 26/05/2020


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Frederico; SOUZA, André; CAMARGO, Sarah. Direito e realidade: desafios para o ensino jurídico. In: GHIRARDI, José Garcez. FEFERBAUM, Marina (Org.). Ensino do direito em debate: reflexões a partir do 1º seminário ensino jurídico e formação docente. São Paulo: Direito GV, 2013.

ALVES, Denise M.G; SORRENTINO, Marcos. Felicidade e seu papel nos Processos Educadores: um diálogo necessário na busca de indicadores de sustentabilidade educacional. V Encontro Nacional da Anppas. Florianópolis, 2010.

ALVES, Rafaela B; CURADO, Barbara T.Fleury. O narcisismo na docência universitária.Revista Estudos e Pesquisas em Psicologia. Rio de Janeiro, v.17, n.1, p.259-276, 2017. Disponível em: Acesso em 28 nov 2019.

ALTHAUS, Maiza T.M. Ação didática no ensino superior: a docência em discussão. Ver.Teoria e Prática da Educação, v.7, n,1., p.101-106, jan./abr.2004.

ANSELMO, Aline C. Psicanálise e Educação: o mal-estar do professor universitário na atualidade. Dissertação. (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Paraná - Curitiba, 2011.

BORGES, Fernanda. OLIVEIRA, Sheila. Pedagogia do Encontro: metodologia de pensamento e criatividade em A parte que falta de Sheldon Silverstein. Revista Eletrônica de Letras, v.7, n.7, Ed.7, jan-dez 2014.

BUSS, A; ISAIA, S. STAHL, L. QUATRIN, L. ADÃO, R. Professores universitários narrando suas trajetórias docentes: em busca de marcas da vida e da profissão. In: VIII Congresso nacional de educação EDUCERE, 2008.

CARVALHO, Nathálie de Paula. Uma análise do ensino jurídico no Brasil. Revista Jurídica da FA7, Fortaleza, v.8, 2011. Disponível em: Acesso em 02 dez 2019.

CHALITA, Gabriel. Educação: a solução está no afeto. 6.ed. São Paulo: Gente, 2001.

DOMINGUES, Karen; ALMEIDA, Inês. Sociedade, Educação e Narcisismo: da relação do professor com o não-saber. V Colóquio Internacinal Educação e Contemporaneidade, São Cristovão, 2011. Disponível em: Acesso em 02 dez 2019.

FERNANDES, Elisângela Barboza. Narcisismo e Cultura : a relação entre psicologia individual e psicologia social na obra freudiana. 2007. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007. Disponível em: < https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4827?show=full> Acesso em 28 nov 2019.

FERREIRA, Valéria Silva. As especificidades da docência no ensino superior. Rev.Diálogo Educacional, Curitiba, v.10, n.29, p.85-99, jan./abr.2010.

FOUCAULT, M. A Ordem do Discurso. São Paulo: Loyola, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra Editora, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Saberes Necessários à Prática Educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra Editora, 2015.

FREUD, Sigmund. O Ego e o Id e outros trabalhos. Edição Standard brasileira das Obras Psicológicas completas de Sugmund Freud. Volume XIX (1923-1925). Editora Imago, 2019. Disponível em: < https://pt.slideshare.net/PauloVFdaSilva/freud-sigmund-xix-o-ego-e-o-id-e-outros-trabalhos-1923-1925-volume-xix> Acesso em: 02 dez 2019.

KRAUSS. Ana Cláudia Wiese. O mito de Narciso sob o olhar de Leminski: uma metamorfose lírica. Trabalho de Conclusão de Curso (Letras) Florianópolis, 2016.

LACAN , Jacques. O estádio do espelho como formador da função do eu. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

LEMOS, Danilo S.Pallar; NUNES, Silma do Carmo. Qual a contribuição de Foucault para a formação do docente. Anais do Encontro de Pesquisa em Educação e Congresso Internacional de Trabalho Docente e Processos Educativos. Revista Encontro de Pesquisa em Educação. Uberaba, v.1, n.1, p.49-54, 2013. Disponível em: < http://revistas.uniube.br/index.php/anais/article/download/739/1036> Acesso em 28 nov 2019.

LÓPEZ QUINTÁS, Alfonso. Pensar com criatividade: a proposta pedagógica de Alfonso López Quintás. Disponível em: . Acesso em 02 de abr. de 2018.

MARCON,A. Pedagogia do Amor? Do afeto aos limites. Revista Agir & Calar – Revista da Província Brasileira dos Josefinos de Murialdo Congreção de São. Grafica Murialdo, 2011.

MIRANDA, José Eduardo. ALVES, Rubens. Da didática do ensino jurídico aos novos paradigmas para a sustentabildiade da formação em direito: uma resenha metamorfótica. Jornal Jurid. 2009. Disponível em: < https://www.jornaljurid.com.br/doutrina/geral/didatica-ensino-juridico-aos-novos-paradigmas-para-sustentabilidade-formacao-em-direito-uma-resenha-metamorfotica> Acesso em 02 dez 2019.

NOGUEIRA, Claudia Albagli. O poder do discurso jurídico na órbita educacional: limites e legitimidade da atividade docente. In: XVII Encontro Preparatório para o Congresso Nacional do CONPEDI, 2008, Salvador. Anais do XVII Encontro Preparatório para o Congresso Nacional do CONPEDI. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2008. Disponível em: Acesso em 02 dez 2019.

PERISSÉ, Gabriel. Pedagogia do Encontro. Editora Factash, 2012.

SILVA, Jozimeire A.S.C.N. Docência Jurídica: a relevância da formação docente no contexto institucional. IV Congresso nacional de educação – CONEDU, 2017. Disponível em: Acesso em 02 dez 2019.

SILVA , Léa Ribeiro da. Docência na contemporaneidade: desafios para professores no ensino superior. Revista Primus Vitam, n.5, 1º sem. 2013.Disponível em: Acesso em 02 dez 2019.

STRECK, Danilo Romeu. Cinco razões para dialogar com Paulo Freire. Revista e-curriculum, São Paulo, v.7, n.3 DEZEMBRO 2011. Disponível em: < http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum> Acesso em 02 dez 2019.

WARAT, Luiz Alberto. ROCHA, L. CITTADINO, G. O poder do discurso docente das escolas de direito. Revista Sequência, v.02, v.02, p.146-152, 1981. Disponível em: < https://periodicos.ufsc.br/index.php/sequencia/article/view/17271/15827> Acesso em 02 dez 2019.




DOI: https://doi.org/10.47096/rdpc.v1i1.110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Direito Público Contemporâneo

Licença Creative Commons

A revista está licenciada quanto aos direitos autorais com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Indexada em | Indexed by | Indizada en:

Google Acadêmico

HTML tutorial
Periódicos/CAPES

HTML tutorial
 
 
Directory of Open Acess Journals


HTML tutorial


Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

Livre - Revistas de Livre Acesso

International Standard Serial Number International Center

Sumários

ResearchBib - Academic Resource Index